Dec 9, 2013

Pudim!

Pra mim, pudim é sem furinho. Gosto dos densos, daqueles que grudam na colher.

Resolvi testar um pudim diferente. Trouxe do Chile uma latinha de Leche Evaporada para algum dia fazer um suspiro limeño. A base dele lembra um creme de confeiteiro com leite condensado, e por cima vai um merengue finalizado com canela. Confesso que bateu uma preguiça master de fazer o merengue. Onde já se viu ser tão cara-de-pau assim, mas é verdade. Merengue bom-bom-bom dá muito trabalho. E fazer merengue-merreca não ia rolar.

O tempo passou e meu (ou é minha?) Leche Evaporada chegou perto do vencimento. Resolvi testar a minha tradicional e infalível receita de pudim, substituindo a lata de leite pelo Leche. Honestamente, não sei bem o que é esse ingrediente, mas pelo que li na embalagem, é leite integral com um regulador de acidez e espessante. Tem uma carinha do soro do creme de leite brasileiro, mas não é tão gorduroso. Simples assim.

Pois o pudim ficou incrível! Ficou menos doce do que o tradicional e um pouco mais denso, mas não tão pesado quanto o pudim com creme de leite (testei uma vez e não curti). Resolvi deixar o pudim mais metido e coloquei um pouco de baunilha de verdade, os pontinhos da fava. Difícil ficar ruim, né?

A receita original segue abaixo. E pra quem estiver viajando e quiser fazer um contrabando de Leche Evaporada, basta subsituir o leite integral por 1 latinha. Super recomendo!


Pudim

1 lata de leite condensado
1 lata de leite
2 ovos
1/3 de fava de baunilha

Calda
1 xícara de açúcar
1/2 xícara de água

Coloque o açúcar na forma de pudim e jogue delicadamente a água por cima. É importante que a água forme uma camada sobre o açúcar. Se, em algum ponto, o açúcar ficar na superfície, em contato com as laterais, a calda vai cristalizar. Cozinhe em cima do fogo no fogão até ficar dourado e desligue o fogo. Cuidado! A calda está lá, toda pálida, e de repente ela fica dourada. Cuidado também com queimaduras, é uma das piores que existem na cozinha.

Com um pegador ou panos, segure a forma e vá girando, espalhando a calda e cobrindo toda a parte interna da forma. A forma esfria e a calda endurece. Não esqueça o "furo", no meio da forma! Use uma colher para cobrir sua superfície e deixe esfriar.

Misture todos os ingredientes do pudim - leite condensado, leite, ovos e baunilha - em um recipiente. Se quiser um pudim menos metido, use uma tampinha de essência de baunilha. Eu uso um fouet para misturar tudo, mas pode bater no liquidificador também.

Despeje o líquido sobre a forma e leve para assar em banho-maria, em forno pré-aquecido a 180ºC por 40-60 minutos.

Quando o pudim amornar, coloque-o na geladeira por pelo menos 2 horas.

No comments: