Aug 30, 2013

Bolo de Iogurte

Corrigindo o post anterior, não fiquei totalmente sem cozinhar nesses últimos meses. Passei mais de um mês longe do fogão, mas assim que consegui, fiz sim meu infalível bolo de iogurte. Antes disso, eu explicava a receita passo-a-passo pra minha mãe fazer, porque gritar os ingredientes pela casa toda é muito mais interessante do que abrir o livrinho de receitas.

Carrego essa receita comigo pra todo canto. Já fiz no Chile, na casa de outras pessoas, em qualquer lugar. É um bolo rápido, que não precisa de batedeira nem liquidificador e com ingredientes simples. Ele suja poucos utensílios, para a felicidade do maridón, que fica com a segunda parte do "você cozinha e eu lavo" da história.

Para não dizer que ele é a prova de qualquer erro, conto um experimento que não deu certo: usar iogurte de blueberry. O gosto fica bom, mas o quesito aparência perde alguns pontos, porque o bolo fica meio azul. Aqui do lado tem uma frase de J. Steingarten: "I'm fairly sure that God meant the color blue mainly for food that has gone bad". Ou seja, azul = podre. Não rola, o cérebro não aceita.

Fora este episódio em que eu só convidaria daltônicos ou aconselharia o uso de máscaras, o bolo nunca falhou. Nunca. Nunca. Nunca. E ainda tem a versão nerd-eu-tenho-uma-balança-na-cozinha ou a versão preguiçoso, onde as medidas se baseiam no próprio potinho do iogurte. Só acho mala lavar o pote melecado para pesar o açúcar e a farinha, por isso criei a versão nerd.

Ah, e se você não tem um fouet, pegue 2 garfos e coloque um de frente ao outro, imitando uma das hastes da batedeira. Segure-os com a mesma mão pelo cabo e bata assim. Ou use só um garfo mesmo, batendo bem e cansando um pouco as mãos.

Acabei de fazer esse bolo e, enquanto escrevia o post, devorei uma fatia. Fui a fominha e fiz aquela nhaca, cortei o bolo dentro da forma e coloquei em um pedaço de guardanapo. Quebrou tudo! Mas comer um bolo quente, daqueles que o dedo mal aguenta segurar, vale todas as migalhas pela pia e o bolo desmilinguido.  

Ingredientes

3 ovos
1 pote de iogurte integral (170g)
1 pote de óleo (150g)
1 pote de açúcar (150g)
3 potes de farinha de trigo (330g)
1 colher de sopa de fermento em pó (15g)

Em um recipiente, quebre os ovos, adicione iogurte, óleo, açúcar. Misture bem, sem dó, com um fouet ou garfo(s) até ficar levemente esbranquiçado.

Adicione a farinha e o fermento. Como já disse antes, depois que adicionamos a farinha, temos que tratar o bolo com delicadeza, sem bater demais a massa, para não ativar o glútem e ter um bolo duro a la sola de sapato. Então até pode misturar com um fouet, mas devagar. Eu prefiro usar uma espátula. Sim, suja mais uma coisa! Mas você precisará de algo para despejar a massa do pote na assadeira, não dá pra fazer isso com um fouet ou com um garfo. Não, não dá.

Seja prático: invista em uma assadeira anti-aderente e elimine da sua vida aquele papel gosmento com manteiga e a farinhaça para untar. Como este bolo é pequeno, uso uma forma de bolo-inglês.

Leve ao forno pré-aquecido - ligue o forno antes de começar a receita! - a 180ºC por 35-40 minutos. Faça o teste do palito e pronto!

No comments: