Sep 28, 2012

Cadeirão

Nem só de receitas se faz este blog. Eu sei, faz um tempo que não escrevo sobre outra coisa! Talvez por toda a restrição durante a gravidez - fossem os enjôos ou a diabetes gestacional - acabei deixando de curtir um pouco sair para comer e escrever sobre restaurantes. Calma lá, aos poucos eles vão voltar.

O post de hoje tem a ver sim com a hora de comer: do pequeno. Há quase dois anos, quando filhos ainda não faziam parte do meu universo, eu comprei um cadeirão. Coisa de louco? Vou me explicar.

Há mais de 4 anos, minha amiga norueguesa me contou a história das cadeiras Tripp Trapp da Stokke. Ela me explicou como ela, marido, amigos e irmãos tinham essa mesma cadeira, cada uma de uma cor. Os pais compram a cadeira, que no início serve de cadeirão para as refeições. Por causa do seu desenho, peças que desmontam e mudam de posições, a cadeira acompanha a criança até a ida para a faculdade, quando geralmente ela sai de casa.

Achei a história o máximo, e queria muito uma cadeira dessas para meus filhos. Alguns anos depois, quando planejávamos a nossa mudança, eu não sabia muito bem quem faria a importação para o Brasil nem quanto custava. Partindo do ponto que a única coisa que eu consegui achar melhor e mais barato no Brasil foram sapatos, comprei a Tripp Trapp, que foi pro container. 

E hoje, no Apartmento Therapy (blog de decoração que espio sempre que possível), saiu um [post] sobre o look moderno/clássico de algumas mesas de jantar com as cadeiras. Ainda não sei como será a configuração daqui de casa, mas adorei ver este post!

No comments: