Sep 28, 2012

Cadeirão

Nem só de receitas se faz este blog. Eu sei, faz um tempo que não escrevo sobre outra coisa! Talvez por toda a restrição durante a gravidez - fossem os enjôos ou a diabetes gestacional - acabei deixando de curtir um pouco sair para comer e escrever sobre restaurantes. Calma lá, aos poucos eles vão voltar.

O post de hoje tem a ver sim com a hora de comer: do pequeno. Há quase dois anos, quando filhos ainda não faziam parte do meu universo, eu comprei um cadeirão. Coisa de louco? Vou me explicar.

Há mais de 4 anos, minha amiga norueguesa me contou a história das cadeiras Tripp Trapp da Stokke. Ela me explicou como ela, marido, amigos e irmãos tinham essa mesma cadeira, cada uma de uma cor. Os pais compram a cadeira, que no início serve de cadeirão para as refeições. Por causa do seu desenho, peças que desmontam e mudam de posições, a cadeira acompanha a criança até a ida para a faculdade, quando geralmente ela sai de casa.

Achei a história o máximo, e queria muito uma cadeira dessas para meus filhos. Alguns anos depois, quando planejávamos a nossa mudança, eu não sabia muito bem quem faria a importação para o Brasil nem quanto custava. Partindo do ponto que a única coisa que eu consegui achar melhor e mais barato no Brasil foram sapatos, comprei a Tripp Trapp, que foi pro container. 

E hoje, no Apartmento Therapy (blog de decoração que espio sempre que possível), saiu um [post] sobre o look moderno/clássico de algumas mesas de jantar com as cadeiras. Ainda não sei como será a configuração daqui de casa, mas adorei ver este post!

Sep 10, 2012

Com Nutella

Estava meio sem ideias para o bolo desta semana. Perguntei para o maridão há alguns dias, e ele sugeriu repetir algum. Achei meio sem graça, mas estava mesmo pensando em repetir o bolo de cenoura.

Alguns dias depois, recebo um email dele com um link para [um bolo de Nutella com iogurte] que saiu no Uol. Oba! Ingredientes comprados e lá fui eu para a cozinha.

Para variar, fiz algumas alterações na receita. Primeiro, achei que Nutella com massa de chocolate seria muito chocolate para um bolo só, então exclui o chocolate em pó. As medidas são em "copos de iogurte", que parece prático, mas lavar um copo de iogurte com resto de óleo para conseguir medir o açúcar e a farinha não é NADA prático. Acabei pesando os ingredientes para a próxima vez que fizer este bolo.

Também não gosto muito de rechear bolos, acho que a gente acaba enchendo de cobertura para desfarçar o corte, não fica tão bonito... Ok, recheio e cobertura de Nutella nunca é demais, mas vamos não fazer da jaca nossa pantufa, né? Resolvi fazer cupcakes e colocar uma colher de Nutella no fundo de cada forminha. Testei também alguns sem Nutella, para colocar por cima na hora de servir.

Minha receita final ficou assim:

1 copo de iogurte integral natural de 170g
3 ovos
1 pote (do iogurte) de óleo
1 pote (do iogurte) de açúcar (150g)
1 colher de sopa de canela em pó
3 potes (do iogurte) de farinha de trigo (330g)
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pote grande de Nutella para rechear e/ou cobrir

Em um recipiente, misture (com um fouet) o iogurte e os ovos até ficar meio esbranquiçado. Adicione o óleo, o açúcar e a canela. Com uma espátula, misture a farinha, fermento e bicarbonato de sódio.

Já falei antes do bicarbonato, que deixo a massa descansando 5 minutinhos para ele fazer efeito. Outro dia, me perguntaram como é a cara do "efeito".

Tirei essa foto, com o celular mesmo, nada muito bonita, mas dá para entender, né? Ficam esses furinhos, lembra a aparência de uma massa de pão.

Como fiz cupcakes, coloquei 1 colher de chá de Nutella no fundo de cada forminha e completei com a massa. Vale lembrar que, como eles crescem, é sempre bom deixar 1cm sem massa na borda. Os cupcakes demoraram 20 minutos para assar em forno pré-aquecido a 180ºC, e a receita rendeu 18 cupcakes.

A Nutella assada fica um pouco ressecada no fundo do bolinho. Parece chocolate quando passa do ponto ao ser derretido. Não fica ruim, mas perde a cremosidade. Considerando que um dos meus braços geralmente está ocupado carregando o pequeno, é mais fácil de comer sem melecar tudo.

Como fiz alguns cupcakes sem recheio, coloquei a Nutella depois, com uma espátula. Isso exige paciência, porque a Nutella é sensível ao calor e derrete se colocada em cima do bolo quente.

Outra coisa, achei que 1 copo de óleo foi muito, talvez porque exclui 1 copo de chocolate em pó e não substitui por nada. Para o próximo, vou usar 2/3 de copo de óleo.

Agora vou em busca de uma receita para este final de semana. Se alguém tiver uma receita de mãe, de avó, se viu em algum lugar e está com preguiça de fazer, por favor, mande para o meu email!

Sep 5, 2012

Bolo Prestígio

O bolo desta semana ficou tão gostoso que, apesar de ser uma adaptação de uma [receita que eu já postei] - aquela dos cupcakes de chocolate - achei que valia escrever sobre ele. Então lá vai!

Em um recipiente, coloque os ingredientes secos:
1¾ de xícara de farinha de trigo
½ colher de chá de bicarbonato de sódio
½ xícara de chocolate em pó (aquele do Padre mesmo)
50g de coco ralado
1 colher de sopa de fermento em pó
Uma pitadinha de sal

Em outro recipiente, um pouco maior para caber toda a mistura final do bolo, misture com um fouet (ou dois garfos):
½ xícara de óleo
1 xícara de açúcar
Incorpore os 4 ovos, um a um. A partir daqui, troque o fouet por uma espátula. Sempre que for adicionar farinha à mistura, não bata muito, só incorpore com leveza para que o bolo não fique duro. Adicione, alternando, metade dos ingredientes secos, 1 xícara de buttermilk e o restante dos ingredientes secos.

Nesta semana, inovei: troquei o buttermilk caseiro (que se faz com 1 xícara de leite integral e 1 colher de sopa de suco de limão) pela mesma medida de iogurte integral natural. E deu certo!

Despeje a mistura em uma forma untada com manteiga e açúcar cristal (dá para ver na foto a crostinha que se forma no bolo!). Peguei uma barra de Hershey's Cookies 'n' Cream, piquei na mão mesmo em cubos e coloquei por cima. Eles afundam na massa. Nham.

Leve para assar em forno pré-aquecido a 180ºC por 40-50 minutos, ou até crescer, ficar douradinho e um palito de madeira sair limpo quando espetado na massa.