Mar 23, 2012

O melhor mil folhas do mundo

Fico constantemente em busca de algum mil folhas que tire o do Jacques Genin do pódio. Era um dia terrível, frio, chuvoso em Paris. Me perdi horrores, atravessei poças de água, o guarda-chuva virou do contrário e me deixou com aquela cara de pastel do dia seguinte molhado. Metrô fedido, ruas meio vazias... Enfim, imaginou o cenário, né?

Entrei na loja chiquetésima, que parece uma joalheria, com aquela cara de pastel molhado. Estava me sentindo a mais mal vestida - afinal, eu já estava em Paris, onde eu, por mais que me esforçasse, sempre ficava com a impressão de que a linda e esbelta francesa ao meu lado se arrumou em 5 minutos e me deixou com o título de patinho feio.

O mil folhas me acolheu, acompanhado de um cházinho quente recomendado pelo garçon. Parecia que dava para sentir o sabor de cada pontinho de baunilha dele, e a massa - ah, eu e minha tara pelas massas! - era perfeita. Nem muito, nem pouco, nem fina, nem murcha, em uma proporção perfeita de quantidade para o recheio a cada garfada.


Foi na companhia deste mil folhas que também reencontrei uma amiga que não via há um bom tempo, e passamos horas conversando, tomando chá e colocando a conversa em dia. Contribuiu para minha boa lembrança dele? Acho que sim, mas a bomba de chocolate dela não tinha nada de tão memorável, então acho que ele especial mesmo.

Nos dias de desespero, o mil folhas da Boulangerie do Sofitel é minha escolha, lembrando que eu não curto mil folhas nem com chantilly nem com sabores. Mas nenhum outro mil folhas, mille foglie ou mille feuille me deixou tão nas nuvens quanto aquele do JG. Alguém aí tem alguma sugestão para o próximo destino da busca pelo mil folhas perfeito?

Mar 15, 2012

A melhor geleia do mundo

Já escrevi sobre essa geleia no meu blog falecido, em um [post] sobre alguns dias que passamos em Amsterdam. Nunca comi nenhuma coisa parecida. Ela lembra uma mousse, uma geleia com consistência meio de doce de leite, inexplicável.


Atormentei as pessoas que foram para a Holanda para passarem na [De Bakkerswinkel], tomarem café da manhã lá e trazerem na mala um potinho dessa geleia.

Nem precisa dizer que cada pote era consumido em quantidades super moderadas e ocasiões especiais! Mas tem só uma coisa que a deixaria ainda mais perfeita: vir sem as sementinhas.

Mar 13, 2012

Categoria nova!

Outro dia estava conversando com a família e descobri e eu tenho - ou melhor! Eu e o maridão temos - muitos "os melhores do mundo". Que bom, né?

Mas o que exatamente significa isso? Quer dizer que temos aquele melhor chocolate, o melhor pão, a melhor geleia em diversos cantos do mundo.

Não estou falando somente de sabores, muito pelo contrário. Nessa avaliação, claro que entram as espectativas, a situação, a companhia, o momento, o bode, a felicidade... Enfim! Não vou escrever sobre o que eu acho que é o melhor do mundo para todo mundo, mas o que um dia eu considerei a melhor coisa e pronto!

Estou sempre em busca de bater essas atuais marcas, de conhecer e provar coisas ainda mais gostosas em situações ainda melhores. Mas, por enquanto, vou começar a escrever sobre alguns melhores da vida por aqui. Só ainda não decidi por onde começar.