Jul 7, 2011

Mapa Guloso de Paris - republicando

Sou neurótica, metódica e detalhista com o planejamento de cada viagem. Me dá faniquito da possibilidade do momento "Putz! Deveria ter conhecido aquele lugar" quando já fui embora.

Então tenho me organizado cada vez mais e melhorado as técnicas. Além dos guias de viagens que sempre tenho em mãos (meu favorito é o DK Eyewitness), comecei a levar Moleskines/caderninhos e anotar TU-DI-NHO: endereços, restaurantes, lugares, preços, sites e o que mais fosse importante.

Pra quê?! Eu curto esse pré-viagem, começar a viajar sem sair do lugar. Além disso, eu sempre peço dicas para pessoas que já foram aos lugares, e também as ofereço para os próximos viajantes. A Gi até leu meu Moleskine do Japão de cabo-a-rabo (que paciência, né?!).

Na minha última ida à França, eu já estava mais no modo "gastronômico" de viajar. Fizemos um tour incrível pela Borgonha pelos restaurantes mais charmosos e deliciosos. Além disso, também fiz explorações gulosérrimas por Paris, que viraram um post no falecido blog [50th&8th].

Hoje resolvi republicar este post aqui no Cozinhando depois de receber um email de uma amiga que tem uma Pâtisserie lá em NY pedindo dicas de Paris. Lá vai!

Antes de ir pra Paris, dei uma pesquisada em lugares para conhecer. Há vários blogs de outros comilões que me ajudaram muito com a minha pesquisa, e assim saí com uma lista de coisas gostosas, algumas simples, outras bem refinadas, e umas visitas a alguns museus pelo caminho.


View Minha Paris mais gorda in a larger map

Fui em busca do melhor mil folhas de Paris, e o encontrei na doceria do Jacques Genin, acompanhada da Monica, uma grande amiga minha que mora por lá. É realmente o melhor que comi - e não foram poucos - e vale a viagem de metrô até lá (133 Rue de Turenne). Pedimos o tradicional de baunilha, além de uma bomba (éclair) de chocolate maravilhosa. Para acompanhar, uma carta inspiradora com muitos tipos de chá. Tentei voltar pra comer antes de embarcar de volta pra casa, mas eles fecham às segundas-feiras.


Também fui em busca do melhor macarron, e o encontrei na [Gérard Mulot]. O favorito foi um de caramelo, puxa-puxa e doce na medida, recheio molhadinho e casquinha crocante.


O melhor pain au chocolat? Com certeza da [Ladurée], com alguns endereços espalhados pela cidade. Fresquinho e com o chocolate distribuído pelo croissant todo, não concentrado no meio como a grande maioria.


E a sobremesa mais marcante? Talvez por ter sido a primeira, mas o sorvete de leite de ovelha do [Le Comptoir du Relais Saint-Germain]. Consistência perfeita, sabor suave e maravilhoso, daquele que dá vontade de passar o dedo no derretidinho.


Pra finalizar, uma visitinha a um canto de Paris que tem várias lojas de utensílios de cozinha no 2éme Arrondissement. Vale uma andadinha pelo bairro e pelas lojas empoeiradas, com panelas de cobre e forminhas de todos os tamanhos. Minha favorita: [E.Dehillerin], eu podia ficar o dia inteiro lá!

1 comment:

Giselle said...

Eu adoro as suas pesquisas "pré-viagem"... sou suspeita pra falar! São sempre dicas gostosas, pontos inesquecíveis e lugares bem mágicos. Aliás, AMEI ler o moleskine do Japão.. foi tão gostoso!