Jun 29, 2011

Sem Comentários!

Recebi alguns emails de pessoas que não conseguem comentar nos meus posts. Ufa! Já estava ficando triste, achei que ninguém mais lia o blog, não achava as receitas ou dicas interessantes.

Enfim, criei um [link para a discussão num forum do Blogger] para ver se consigo resolver o problema. Enquanto isso, se você não consegue postar comentários também, peço que envie dicas, sugestões, críticas e perguntas para o meu email.

E se alguém por aí, mais entendido de programação de blogs do que eu, souber resolver o meu problema, pode falar também!

* atualização! *
Não poste usando seu google account!
As opções Open ID e Name/URL parecem funcionar melhor.
Google, google... Que decepção...

Jun 26, 2011

Bolo Cookie

Uma vez fui a uma festinha de aniversário de criança e comi um bolo incrível feito pela Lu, mamãe da aniversariante. Mandei um email pedindo a receita, e ela me mandou super fofa com as recomendações todas. Me contou que excluiu o coco ralado da receita, deu dicas e lá fui eu testá-la. A receita virou post no site da [Dedo de Moça] e foi até pro [Taste do UOL]. YUHU!

E já fiz o bolo algumas vezes, levei de presente para uma amiga, e hoje fiz em casa para o aniversário do maridão. Algumas coisas que mudei para o bolo de hoje:

- substitui o creme de leite da cobertura por 1/4 de xícara de leite. A aparência fica de chocolate mesmo, mas a consistência é bem mais molinha, daquelas que derrete na boca super rápido, coisa que não acontece tão rápido assim em dias frios do inverno.

- em vez de 200g de chocolate picado para a massa, coloquei 3 tubos de M&M-mini e 1/2 barra de chocolate picado. O M&M deixou um efeito interessante, parecia que uma criança tinha brincado de aquarela no bolo! Perfeito!

E pra completar, me inspirei na receita do [Brigadeiro Gourmet], usando 1 barra de Alpino Dark, e fiz brigadeiros de copinho! Afinal de contas, já desisti de usar as festinhas de crianças como desculpa para me esbaldar nessas gulodices!

Jun 18, 2011

Limão siciliano + papoula + chocolate Laka

Vocês se lembram do post anterior, da amiga que fez um bolo que ficou esquisitinho?

Então, hoje nós refizemos aquele bolo juntas! O bolo é do [Jamie Oliver] e tem uma cara super gostosa, mas fizemos  algumas adaptações para os ingredientes brasileiros e aos nossos gostos. O quê? Vamos lá:

1. O modo de preparo fala para incorporar os ovos à mistura de manteiga com açúcar. Eu bati as claras em neve separadamente, misturei com a manteiga e açúcar, e depois adicionamos as gemas.

2. Também pesamos todos os ingredientes, e descobrimos que 180g de farinha de amêndoas é um MONTE de amêndoas! Opa! Faltou 30g de farinha de amêndoas, então em vez de 125g de farinha de trigo, usamos 155g. Esssa é uma substituição que, feita moderadamente, funciona. Mas não dava pra substituir toda a farinha de amêndoas por trigo, e acho que tivemos sorte! ;)

3. A farinha de trigo americana com fermento - self-raising flour - é diferente da brasileira. Então usamos uma farinha comum + 1 colher de sopa de fermento em pó.

4. Para a calda - eu não sou muito fã de açúcar meio durinho em cima - derretemos uma barra de chocolate Laka em banho maria e adicionamos 1/3 de xícara de leite morno. Antes de colocá-la sobre o bolo, esprememos 1/2 limão siciliano, pra ficar mais molhadinho. Ficaram alguns pedacinhos de chocolate que eu adoro!

O bolo não é muito doce, acho que dava até pra abusar um pouco mais do chocolate branco. A papoula não é imprescindível, então dá pra fazer sem também. E pra variar, dá pra substituir o limão por suco de maracujá, morango, tangerina...

Jun 14, 2011

Dicas de bolos

Uma amiga minha me ligou perguntando onde ela encontrava papoula. Como não achou de jeito nenhum, "emprestei" uma tantinho, pedindo o pagamento em um pedaço do bolo de limão que ela ia fazer no fim de semana.

Ela ficou super super chateada que o bolo não deu certo, não cresceu e deixou a receita comigo. Dei uma olhada e achei alguns pontos que poderiam ter sido a causa da tragédia. Como a receita era britânica, ela não sabia da diferença das farinhas, do uso de farinha de amêndoas, do baking powder e baking soda e o bolo não cresceu.

Nesta mesma semana, uma outra amiga falou que queria fazer um bolo que eu já havia feito antes. Lembrei que eu alterei bem a receita, pois achei que faltavam alguns passos super importantes.

Então resolvi compartilhar algumas dicas para bolo. Independente da receita, há algumas coisas que sempre funcionam. Lógico que tem bolo que nem precisa disso tudo, como por exemplo, aqueles de liquidificador. Mas vamos lá:

1. Peneire a farinha, o amido de milho, o açúcar. Parece besteira, mas não é. Deixa o bolo mais fofinho.

2. Sempre, sempre, sempre que for usar ovo, separe a clara da gema. Bata as claras até ficarem em neve com uma pitada de açúcar e uma pitada de sal. Por quê? Pra quem quer a explicação científica, lá vai: o sal e o açúcar estabelecem pontes de hidrogênio, aquelas -OH que você viu há muitos anos em química no colégio, com o ar e com a clara, segurando o ar ainda mais e deixando o bolo mais fofo. Ah, e nem um pinguinho de água, se não a clara não fica fofa!

3. Uma professora minha falava sempre da regra W-W C-C: warm whites, cold cream. Então claras (whites) devem sempre ser usadas a temperatura ambiente, e creme de leite fresco (cream), sempre gelado!

4. Sempre que for usar alguma fruta cortada, misture-a com 1 colher de sopa de suco de limão, para manter a cor, principalmente com maçã, ameixa, pera.

5. Quanto mais você bater a massa depois de misturar a farinha de trigo, mais dura ela vai ficar. Isso porque o calor e o "trabalho" da massa ativam as cadeias de glúten, algo super desejável em pães, mas horroroso em bolos! Então depois que adicionar a farinha, use uma espátula para misturar delicadamente, somente o suficiente para não ver pelotas de farinha!

6. Em bolos com recheio, molhe a parte de dentro (no corte) com suco de laranja, maracujá - pode ser o de garrafinha concentrado, sem açúcar - ou até guaraná, para o bolo ficar bem molhadinho. Ah! Mas cuidado! Se o recheio tem muito leite (ganache de chocolate, por exemplo), a acidez pode talhar o recheio, então use suco de maçã que é menos ácido.

7. As gemas, quando separadas das claras, sempre são adicionadas uma a uma. Essa é uma dica de um confeiteiro que trabalha há décadas no Le Bernardin e não sabia me explicar o que acontecia de errado quando as gemas vão todas juntas. Só sei que funciona, então continuo fazendo!

8. Eu sou da teoria que é melhor ter uma forma um pouco menor do que uma grande demais, pois o bolo seca e queima! Mas pequena demais também queima e fica cru. Tenha em casa uma forma redonda de 30cm, que funciona muito bem pra qualquer bolo. Pode ser com furo no meio ou não. Mas a conta, que aprendi com minha mãe, é simples: bolo com 3 ovos é pequeno! Use uma forma pequena, de pudim! Bolo com 6 ovos vai bem na redonda com 30cm ou então na retangular 20x30cm. E assadeira maior, serve pra assar peixe, não bolo!

9. Se o bolo é "de liquidificador", nunca bata a farinha de trigo e o fermento. Misture todos os ingredientes, bata bem e despeje em um recipiente. Aí adicione a farinha, fermento e misture com delicadeza com uma colher ou espátula. Aqui se aplica o mesmo princício da sova da massa e da formação das cadeias de glúten.

E vamos lá: a receita original que eu recebi do bolo de maçã para o ano novo judaico era assim (copiada sem nenhuma alteração!):

2 eggs
1c. sugar
1 tsp. vanilla
1/2 c. oil
3 tbsp water or orange juice
1 1/2c. flour
2 tsp. baking powder
1/2 tsp salt
6-8 apples. pared & thinly sliced
1/2c white or brown sugar
2 tsp cinnamon
1/4c. icing sugar

Beat eggs, sugar and vanilla until fluffy. Beat in oil. Add liquid alternately with dry ingredients and beat just until smooth. Spoon half of batter into a lightly greased 9" square baking pan. Spread evenly with rubber spatula. Add apples which have been sprinkled with sugar and cinnamon. Cover with remaining batter. Sprinkle with icing sugar. Bake at 350ºF for 50 to 60 minutes, until nicely browned.


Gente, o que é esse parágrafo ÚNICO de preparo?! E imaginem, a receita ainda vinha sem foto e eu nunca tinha visto um bolo judaico na vida! Mas deu certo, e olha como eu escreveria a receita:

6 maçãs, sem semente nem miolo, fatiadas bem fininhas
1/2 xícaras (chá) açúcar
2 colheres (chá) canela
1 colher (sopa) suco de limão

2 ovos, clara e gema separadas
1 pitada de sal
1 pitada de açúcar
1 xícara (chá) de açúcar peneirado
1/2 xícara (chá) de óleo
3 colheres (sopa) de suco de laranja
1 colher (sopa) essência de baunilha
1 1/2 xícara (chá) farinha de trigo peneirada
2 colheres (chá) fermento em pó

1/4 xícaras (chá) açúcar de confeiteiro
Óleo e farinha de trigo para untar a assadeira

Pre-aqueça o forno a 180ºC. Corte e fatie as maçãs (com casca) e adicione 1/2 xícara de açúcar, a canela e o suco de limão.

Misture as claras com a pitada de sal e de açúcar e bata em neve (vire o pote por 5 segundos de cabeça para baixo e a clara não pode se mexer!). Adicione o açúcar peneirado e bata bem. Depois vão as gemas uma a uma, batendo bem entre cada gema. Ainda na batedeira, adicione o óleo aos poucos, o suco de laranja e a essência de baunilha. Desligue a batedeira.

Peneire toda a farinha, e junte 1/2 xícara de farinha de trigo. Misture bem antes de adicionar mais 1/2. E por fim, combine a última 1/2 xícara de farinha com o fermento em pó e incorpore, bem de leve.

Despeje 1/3 da massa em uma assadeira de fundo falso untada com óleo e farinha de trigo. Coloque as maçãs em cima, com a casca para fora, para ficar bonito. Cubra as maçãs com os 2/3 restantes de massa. Assim não fica aquelas partes faltando massa, e temos menos massa sendo comprimida pelas maçãs!

Asse até que o palito saia limpo quando espetado bem no meio da massa, geralmente 50-60 minutos. Observe lá pelos 20 minutos se o calor do seu forno é torto. Se for, abra a porta rapidinho e gire o bolo.

Eu desenformo quente mesmo, pois adoro bolo quente! Por isso uso a forma de fundo falso, fica mais fácil - e polvilhe o açúcar de confeiteiro por cima.

Ah, se o bolo estiver muito quente, o açúcar vai derreter um pouco. Eu não vejo problema, mas pode polvilhar um pouco mais depois para ficar bonito!

Alguém mais tem dicas?!

Jun 4, 2011

Choc choc choc... é de chocolate!

Aula de chocolate com luz contínua.
As coisas derretem por causa do calor.
Ainda bem que está um friozinho, se não a gente derretia junto!

Jun 3, 2011

Madeleines pras moças

Sumi. Eu sei, que decepção não ver um post novo, e esse bendito feijão que não saia da tela. Mas fomos viajar pro Chile - Santiago, Atacama e Rancágua - e fiquei tão perdidinha que nem atualizei o blog. E aí voltei, já tive duas aulas de fotografia e também nem postei nada. Ai ai ai!

E ontem, meio de última hora, fiz umas madeleines para minha mãe, que precisava levá-las numa reunião da ONG. Usei [aquela mesma receita dos cookies] que já passei aqui, mas adaptei para um gosto mais - não me levem a mal! - "de senhoras".


Essa receita é super versátil! Dessa vez levou açúcar mascavo, raspas de laranja, baunilha e canela. Queria colocar umas papoulas, mas o açúcar mascavo ia esconder os pontinhos charmosos, então desisti. E vamos entrando no mood dia dos namorados com esse prato fofo, né?!