Apr 12, 2011

Como é dar aulas?

Essa é uma frase que eu tenho ouvido muito recentemente. Com a volta e as mudanças todas, muitos perguntam o que ando fazendo. Toda vez que respondo "Dou aulas de culinária", as pessoas reagem de uma forma interessante.

Fico me perguntando por que seria tão diferente de outras profissões. Não tinha esse tipo de reação quando falava "Sou engenheira.", só o "Ahn..." sem graça mesmo. Pode ser porque ser chef está na moda com os reality shows, Alex Atala, e os restaurantes do Brasil cada vez mais conhecidos lá fora.

Também me passou pela cabeça a opção de que todos nós, em uma grande fase da nossa vida, tivemos professores. Então aulas fez ou faz parte da vida de todo mundo. E aí, será que as pessoas se perguntam "Como seria a Py dando aula?"

Mas o que EU tenho achado disso tudo, né? Mais clichê impossível, mas é gratificante. Eu fico muito feliz quando a vejo que uma pessoa vai comer melhor e mais feliz por uma influência minha. Em qualquer aula há tanto momentos interessantes, tantas pessoas diferentes, tantas expectativas novas, que não sei nem bem como explicar.

Às vezes dou aulas para pessoas que me esperam e já me conhecem. Fazem um café delicioso pra mim e tentam de todas as formas me alimentar. Tem vezes que as pessoas são desconhecidas, e vem aquele friozinho na barriga do imprevisível.

E tem tantas outras como hoje, em que duas alunas experimentaram peixe cru pela primeira vez. Fizemos dois tipos de atum selado, daquele que é cozido por fora, mas cru por dentro. Quando passamos a receita juntas, não esconderam a cara de nojo, de receio, de "igous!!".

Mas corajosas, experimentaram. Até eu me perguntei: "Será que eu experimentaria algo assim, tão fora do meu paladar, algo que desconheço, que tem uma aparência esquisita, que foge completamente do que estou acostumada?" E pior que eu acho que em alguns casos, a resposta seria não! Já pensou frango cru, por exemplo?

E o final foi ainda mais inesperado: as duas adoraram o peixe cru! Começar com um pedaço pequeno, incrementar com um molho gostoso e deixar um lixo bem pertinho "Pode cuspir, tá?!" deram aquele empurrãozinho que faltava para que elas tivessem coragem. Da próxima vez, vou pensar nisso também e não torcer o nariz pro desconhecido.

2 comments:

Jasmin said...

Oie,

Vc tem alguma aula gravada no youtube pra gente entender melhor os detalhes de como cozinhar?
Tenho muitas dificuldade de seguir receita pelos livros.
Bjos,
Jasmin-MG

π said...

Oi Jasmin, ainda não temos aulas em videos, mas se quiser dê uma olhada: wwww.dedodemoca.net

bjs!