Sep 25, 2010

Food Bank Dumpling Festival

Hum... Sabadão lindo de sol! O frio do outono está chegando e deixando as pessoas já morrendo de saudades do calor - ugh, sei lá por que esse povo sente saudades de suar, mas enfim - e assim os novaiorquinos não perdem qualquer chance de ficar ao livre.

Aliás, é tanta a vonta de ficar outdoors que revista Time Out NY dessa semana, por exemplo, veio com várias dicas de festivais e atividades. Uma delas é o [Le Grand Fooding], em que chefs Novaiorquinos enfrentam famosos de San Francisco. Ai, eu perdi! Confesso que a muvuca não me animou muito. Uma amiga minha foi, e tô doida pra saber como foi... Mas enfim! Quando bateu o remorso de não ter os ingressos, era tarde demais e estava tudo esgotado. Fica pra próxima.

Mas mesmo assim o estômago é mais forte e eu fui conferir o [Dumpling Festival] lá no Lower East Side. Os lucros desse festival - que arrecadou no ano passado US$17mil - são redirecionados ao [Food Bank] de Nova York, uma ONG que distribui comida na cidade de NY e ensina as pessoas a como se alimentar bem.

Mas pera: o que é um dumpling? Ele pode ser várias coisas, mas resume-se a uma massa meio bolotinha recheada. Para os italianos é o ravioli. Para os japoneses, o guiozá ou até um mochi. E não é que essa bendita massa recheada está presente em vários países?!

E a ideia é bem interessante: você compra um ingresso que custa US$20 e tem direito a comer quatro pratinhos de dumplings. Cheguei lá às 2pm e o mapas já tinham acabado, então fui ver o que tinha em cada barraquinha e espiei o que as pessoas carregavam. Que dúvida!

A minha primeira foi a [Macao Trading Co.]. Um dumpling frito com carinha de pastel muito gostoso, e impressionante como era sequinho e fresco apesar de todas as filas. O molhinho era colocado segundos antes de entregarem o prato pra não fazer meleca.


A segunda parada foi o [Chef One], com trouxinhas crocantes recheadas de frango. Gostoso, mas um pouco gordurento pois tiraram da frigideira direto pro pratinho. Não posso reclamar que não estava quente e crocante!


O terceiro foi um dumpling típico da Malásia que tinha lemongrass (erva-doce) dentro. Era bem engracadinho, com uma massa que lembra Doritos, mas uma proporção esquisita de muita massa pra pouco recheio.


E o último: doce! Um dumpling de arroz com duas opções de recheio: gergelim e misto de castanhas. Pedi um mix e adorei os de castanha! Super crocante e doce na medida. O de gergelim acabou tendo aquela textura esquisita meio de areia. Ah, e ele era BEM grudentinho como o tradicional mochi japonês.


Foi muito divertido, mas as filas eram gigantes. Acabei desistindo de um dumpling que era cozido no vapor pois a fila estava impossível, do dumpling coreano com medo da pimenta e também dos dumplings polonês e italiano, pois não pareciam tão apetitosos. A dica pra próxima: ir em um grupo de pessoas, cada um entrar em uma fila diferente, pegar um ou dois pratos e poder experimentar todos!

1 comment:

Marilia said...

Que divertido mesmo! O dia parece lindo, o que ajuda a todo mundo sair. bjs